Clique nos planetas para ir direto para eles
Home > Sol > Urano

Busca no site:

Peça já o seu e-mail (nome@astronomia.web.st) do Astronomia na Web, com Tecnologia do Google. Acesse o Formulário de Solicitação e garanta o seu.




Urano

O Mago

   Urano é o sétimo planeta desde o Sol e o terceiro maior (em diâmetro). Urano é maior em diâmetro mas menor em massa que Netuno.

órbita:    2.870.990.000 km (19,218 AU) do Sol
diâmetro: 51.118 km (equatorial)
massa: 8,683e25 kg

   Urano e a antiga divindade Grega do Paraíso, o primeiro deus supremo. Urano era o filho e o companheiro de Gaia, o pai de Cronus (Saturno) e dos Cíclopes e Titãs (predecessores dos deuses do Olimpo).

   Urano, o primeiro planeta descoberto na era moderna, foi descoberto por William Herschel enquanto buscava o céu de forma sistemática com seu telescópio em 13 de Março de 1781. Ele já havia sido visto muitas outras vezes antes mas fora ignorado como se fosse simplesmente uma outra estrela (o registro mais antigo de avistamento foi de 1690 quando John Flamsteed catalogou-o como 34 Tauri). Herschel batizou-o de "Georgium Sidus" (o Planeta Georgiano) em homenagem ao seu patrono, o infame (para os americanos) Rei George III da Inglaterra; outros o chamaram de "Herschel". O nome "Urano" foi proposto inicialmente por Bode em conformidade com os outros nomes planetários tirados da mitologia clássica mas seu não se tornou corrente até 1850.

   Urano foi visitado por apenas uma espaçonave, a Voyager 2 em 24 Jan 1986.

   A maioria dos planetas gira em um eixo aproximadamente perpendicular ao plano da ecliptic mas o eixo de Urano é quase paralelo à eclíptica. Ná época da passagem da Voyager 2, o pólo sul de Urano estava apontado diretamente para o Sol. Isto resulta no fato singular de que as regiões polares recebem mais energia do Sol do que as regiões equatoriais. No entanto Urano é tão quente no seu equador como nos seus pólos. O mecanismo que está por trás disso é ainda desconhecido.

   Hoje em dia, existe uma batalha em curso para saber qual dos pólos de Urano é o pólo norte! Ou sua inclinação axial é um pouco mais que 90 graus e sua rotação é direta, ou ele tem um pouco menos que 90 graus e sua rotação é retrógrada. O problema é que você precisa traçar uma linha divisória *em algum lugar*, visto que no caso como o de Vênus a polêmica é pequena sobre a rotação ser realmente retrógrada (não uma rotação direta com uma inclinação de aproximadamente 180 graus).

   Urano é composto principalmente de rochas e variados gelos, com somente 15% de hidrogênio e um pouco de hélio (em contraste com Júpiter e Saturno que são quase todos de hidrogênio). Urano (e Netuno) são em vários aspectos similares ao s núcleos de Júpiter e Saturno sem o enorme envelope de hidrogênio líquido metálico. Parece que Urano não tem um núcleo rochoso como Júpiter e Saturno mas sim que seu material é mais ou menos uniformemente distribuído.

   A atmosfera de Urano é cerca de 83% hidrogênio, 15% hélio e 2% metano.

   Assim como os outros planetas gasosos, Urano tem bandas de nuvens que ventam ao redor do planeta rapidamente. Mas elas são extremamente tênues, visíveis somente com a extrema melhoria da imagem das fotos da Voyager 2 (direta). Observações recentes com o HST (esquerda) mostram listras mais largas e pronunciadas. Observações do HST mais detalhadas mostram mesmo mais atividade. Urano não é mais o chato planeta suave que a Voyager viu! Agora parece claro que as diferenças são devido aos efeitos sazonais já que o Sol agora está em uma baixa latitude Uraniana que pode causar mais efeitos de tempo pronunciados. Em 2007 o Sol estará diretamente sobre o equador de Urano.

   A cor azul de Urano é resultado da absorção da luz vermelha pelo metano na atmosfera superior. Poderiam haver bandas coloridas como as de Júpiter mas elas são escondidas pela superposição da camada de metano.

   Como os outros planetas gasosos, Urano tem anéis. Como Júpiter, eles são muito escuros mas como os de Saturno eles são compostos de partículas bastante grandes variando de 10 metros de diâmetro além da fina poeira. Existem 11 anéis conhecidos, todos muito tênues; o mais brilhante é conhecido como anel Epsilon. Os anéis Uranianos foram os primeiros a serem descobertos depois dos de Saturno. Isto foi de considerável importância já que nós agora sabemos que anéis são características comuns em planetas, não uma peculiaridade única de Saturno.

   A Voyager 2 descobriu 10 pequenas luas adicionais àquelas 5 grandes já conhecidas. É provável que existam vários outrosl pequenos satélites dentro dos anéis.

   O campo magnético é diferente já que não está centralizado no meio do planeta e está inclinado 6 graus em relação ao eixo de rotação. Ele é provavelmente gerado pelo movimento em profundidades superficiais dentro de Urano.

   Urano é algumas vezes muito difícil de ver a olho nu mesmo em uma noite muito clara; ele é fácil de localizar com binóculos (se você sabe exatamente para onde olhar). Um pequeno telescópio astronômico irá mostrar um pequeno disco. Existem vários Web sites que mostram a posição atual de Urano (e outros planetas) no céu, mas cartas muito mais detalhadas serão necessárias para achá-lo. Tais cartas podem ser criadas com programas planetários.

Satélites de Urano

Urano tem 27 luas batizadas:

  • Diferentemente de outros corpos no sistema solar que têm nomes da mitologia clássica, a luas de Urano receberam seus nomes dos textos de Shakespeare e Pope.
  • Elas formam três classes distintas: as 11 interiores escuras muito pequenas descobertas pela Voyager 2, as 5 grandes (direita), e a recém-descoberta muito mais distante que as outras.
  • A maioria tem órbita quase circular no plano do equador de Urano (e portanto um grande ângulo com relação ao plano da eclíptica); as 4 mais externas são muito mais elípticas.

 

Distância  Raio    Massa
Satélite (000 km) (km) (kg) Descobridor Data
--------- -------- ------ ------- ---------- -----
Cordelia 50 13 ? Voyager 2 1986
Ophelia 54 16 ? Voyager 2 1986
Bianca 59 22 ? Voyager 2 1986
Cressida 62 33 ? Voyager 2 1986
Desdemona 63 29 ? Voyager 2 1986
Juliet 64 42 ? Voyager 2 1986
Portia 66 55 ? Voyager 2 1986
Rosalind 70 27 ? Voyager 2 1986
Cupid 75 6 ? Showalter 2003
Belinda 75 34 ? Voyager 2 1986
Perdita 76 40 ? Voyager 2 1986
Puck 86 77 ? Voyager 2 1985
Mab 98 8 ? Showalter 2003
Miranda 130 236 6,30e19 Kuiper 1948
Ariel 191 579 1,27e21 Lassell 1851
Umbriel 266 585 1,27e21 Lassell 1851
Titania 436 789 3,49e21 Herschel 1787
Oberon 583 761 3,03e21 Herschel 1787
Francisco 4281 6 ? Sheppard 2003
Caliban 7169 40 ? Gladman 1997
Stephano 7948 15 ? Gladman 1999
Trinculo 8578 5 ? Holman 2001
Sycorax 12213 80 ? Nicholson 1997
Margaret 14689 6 ? Sheppard 2003
Prospero 16568 20 ? Holman 1999
Setebos 17681 20 ? Kavelaars 1999
Ferdinand 21000 6 ? Sheppard 2003

Anéis de Urano

Distância  Largura
Anel (km) (km)
------- --------- -------
1986U2R 38.000 2.500
6 41.840 1-3
5 42.230 2-3
4 42.580 2-3
Alpha 44.720 7-12
Beta 45.670 7-12
Eta 47.190 0-2
Gamma 47.630 1-4
Delta 48.290 3-9
1986U1R 50.020 1-2
Epsilon 51.140 20-100

(a distância é do centro de Urano à borda do anel interno)

Mais sobre Urano e seus satélites

Questões em Aberto

  • Por que Urano não irradia mais calor do que recebe do Sol como os outros planetas gasosos? Será que seu interior é frio?
  • Por que seu eixo é extraordinariamente inclinado? Será que foi devido a uma colossal colisão?
  • Por que Urano e Netuno tem muito menos hidrogênio e hélio que Júpiter e Saturno? Será simplesmente porque são menores? ou porque são mais distantes do Sol?
  • O que ira acontecer com o tempo em Urano à medida em que ele muda de estação?

Onde ir em Seguida


Contents ... Sol ... Saturno ... Novas Luas ... Urano ... Cordelia ... Netuno ... Astronomia na Web

Copyright © 1994-2014 by William A. Arnett; última atualização: 12/04/2010


Traduzido por Luis Gustavo Gabriel